O que é o Pavão Misterioso que está mexendo com as redes sociais

Perfil criado no Twitter, divulgado pelo filho do presidente Bolsonaro, acirra discussão sobre os diálogos obtidos pelo site Intercept Brasil 

Há dias, um perfil criado na rede social Twitter vem colocando mais lenha na fogueira na discussão sobre os diálogos obtidos pelo site Intercept Brasil e que envolvem o atual ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro, Sergio Moro, e uma suposta interferência no trabalho dos procuradores da Operação Lava-Jato. 

Batizado de “Pavão Misterioso”, o usuário divulga mensagens e fotos de telas de smartphones que conteriam erros cometidos pelos editores do Intercept e também acusações supostamente atribuídas a personagens políticos, como o ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) — em alusão ao fato de Jean ter desistido do mandato na Câmara e a vaga, então, ter ficado com David Miranda, parlamentar que é casado com o jornalista Glenn Greenwald, um dos três fundadores do The Intercept . O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, foi um dos que divulgou “revelações” do perfil “Pavão Misterioso”.

A conta divulgada pelo filho do presidente aparece como tendo sido suspensa pela rede social Twitter. No entanto, há outras páginas como o mesmo nome de usuário e com publicações semelhantes, contrárias ao Intercept Brasil. Um desses perfis possui mais de 46 mil seguidores. O teor das mensagens gerou reação de deputados do PSOL, que acusaram a página de disseminar “fake news”. A coluna apurou que o partido agora discute quais medidas jurídicas e políticas poderão ser adotadas. O deputado Marcelo Freixo diz que irá denunciar a “fraude” à Polícia Federal.

Fonte: GauchaZH

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: