Pan 2019 : Após prova, brasileira desaba em lágrimas e fala em sonho realizado

‘Passou um filme na cabeça. Lembrei da família, que está torcendo por mim. E representar o Brasil é grandioso’, disse Andreia ao terminar a maratona

Para muitos atletas brasileiros, uma medalha olímpica ou pan-americana significa a realização de um sonho. Há esportistas, no entanto, que chegam ao ápice da emoção ‘apenas’ em poder competir em uma grande prova. Ao terminar a maratona nos Jogos Lima 2019, neste sábado (27), a brasileira Andreia Hessel foi ao chão e, emocionada, chorou muito.

Ao contrário do que indicavam — um integrante da delegação venezuelana chegou a consolá-la —, as lágrimas não foram de tristeza. Mais tranquila, ela explicou à reportagem o que tanto a sensibilizou.

“Foi uma mistura de sensações. A preparação, longe da minha família, foi muito longa. Só para Lima foram 40 dias de treino na altitude. A gente se prepara para a concretização de um sonho, que é participar dos Jogos. Não dá para explicar… As lágrimas falam por si só”, contou a atleta de 35 anos.

A maratonista brasileira comentou que, ao terminar a prova, “passou um filme na cabeça. Lembrei da minha família, que tá torcendo por mim. E estar representando o Brasil é grandioso”.

Focada no Mundial de Doha, no Qatar, onde estará junto da compatriota Valdilene dos Santos Silva, que também competiu em Lima neste sábado e ficou em sexto lugar, Andreia afirmou que seu próximo grande objetivo é estar nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Andreia recebe apoio de integrante da delegação venezuelana
Andreia recebe apoio de integrante da delegação venezuelana

Sobre a experiência do Pan-Americano na capital peruana, a maratonista disse que, “com tantas atletas que sonham em disputar um Pan, estar aqui é um privilégio. Só sinto gratidão”.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: