Salvador terá primeira missa pós-canonização de Irmã Dulce

Arcebispo de Salvador falou sobre a preparação da Celebração Eucarística em homenagem à canonização da Irmã Dulce

A primeira missa, em solo brasileiro, em homenagem à Irmã Dulce, pós-canonização, já tem um local certo: a Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). Um convênio firmado no último dia 19 de julho, pelo arcebispo de Salvador (BA) e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, pela superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes e pelo presidente do estádio, Dênio Sidreira, asseguraram a realização da Celebração Eucarística.

Também assinaram o convênio, o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia, Davidson de Magalhães; o secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco e o presidente da Associação Comercial da Bahia, Mário Dantas.

A Celebração Eucarística que reunirá milhares de fiéis acontecerá sete dias após Irmã Dulce ser elevada, no Vaticano, à honra dos altares – 13 de outubro –, portanto, no dia 20 de outubro, às 16h. Além desta novidade, Dom Murilo Krieger falou sobre o processo de preparação e o impulso que a canonização de Irmã Dulce dará à dimensão da caridade, um dos quatro pilares das Novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil.

Sobre a preparação , Dom Murilo contou: “Quando foi anunciada a data da canonização, foi montada a Equipe da Canonização de Irmã Dulce, que já está cuidando de tudo o que diz respeito à canonização. Como Arcebispo estou à frente dessa equipe, mas minha função não é a de coordená-la, mas de tomar as decisões finais, junto com Maria Rita Pontes, sobrinha de Irmã Dulce, que é Superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce”.

Fonte: Canção Nova

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: