Gilberto fala do duelo entre seus times do coração, após fazer 3 gols

Gilberto era torcedor do Flamengo. Agora como profissional, ele diz que o seu clube do coração é o Bahia. As duas equipes se enfrentaram na tarde deste domingo (4), e o Tricolor levou a melhor por ter o centroavante vestindo sua camisa 9. Ele foi o autor dos três gols do triunfo baiano por 3 a 0 sobre a equipe carioca, na Arena Fonte Nova, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o jogador, o choque entre seus dois times foi especial.

“Foi especial, primeiro porque todo mundo sabe que eu sou uma criança que torcia para o Flamengo. Então, poder jogar contra o meu clube do coração no time que eu estou, que é o meu clube do coração agora como profissional que me dá todo o suporte junto com a torcida para que eu faça o melhor. Vinha uma cobrança legal em cima de mim aí e eu poder fazer três gols é importante para caramba para eu poder mostrar que dou sempre o meu máximo para que a torcida saiba que quando eu estiver em campo, vou dar o meu máximo em prol do Bahia”, afirmou aos microfones da Rádio Sociedade.

O Bahia não vivia bom momento. O time não vencia há sete jogos e não balançava as redes há quatro. Gilberto falou a importância do triunfo sobre o Flamengo.

“Nosso time estava vivendo um momento difícil e agora com esse triunfo a gente se coloca em outro patamar novamente. Ganhar de uma equipe que nem a do Flamengo, que está jogando a Libertadores e classificou recentemente, seria um jogo difícil e a gente sabia disso. Buscamos imprimir um ritmo forte para conseguir esse triunfo e graças a Deus aconteceu”, disse.

O primeiro gol de Gilberto foi marcado aos 20 minutos. Porém, a validação do tento só veio depois do lance ter sido analisado pela equipe do VAR. O camisa 9 falou do tempo de espera para comemorar abertura do placar.

“Fiquei suando, suspense total! Eu sabia que não estava impedido, mas como eles mesmos falaram, foi milimétrico”, contou.

Para Gilberto, esta recuperação do Bahia é apenas um começo. Ele espera que o time continue indo bem para poder brigar por uma vaga na Libertadores na reta final do Brasileirão.

“É só o começo de uma jornada que está na sua metade. A gente está quase chegando na metade do campeonato, então temos que focar ainda mais, porque o campeonato é muito difícil. O Brasileirão é o campeonato mais difícil do mundo. Um dia você está na zona de classificação à Libertadores e no outro você está na zona de rebaixamento. Então, a gente tem que fazer sempre o melhor, focar ao máximo, jogar jogo a jogo, para no final do campeonato estar brigando por coisas bonitas que pode ser uma Libertadores”, falou.

Neste momento, o Bahia ocupa a 10ª colocação com 19 pontos na tabela de classificação. Já o Flamengo, é o terceiro com 24. Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Palmeiras no domingo (11), às 16h, no Allianz Parque. Na véspera, às 19h, o Mengo recebe o Grêmio no Maracanã.

Fonte: BN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: