A Amazônia está em chamas e dá pra ver do espaço

A Amazônia está queimando há semanas com o aumento de queimadas. A fumaça intensa foi detectada pela NASA e jogou São Paulo na escuridão na segunda-feira.

No meio do dia na segunda-feira, o céu de São Paulo escureceu de repente.

A capital, assim como outras partes do Mato Grosso e Paraná, ficou sob um cobertor de fumaça de incêndios florestais na Amazônia.

No começo do mês, o estado do Amazonas declarou estado de emergência com o aumento de queimadas. A temporada de incêndios na Amazônia está apenas começando – em geral vai de agosto até outubro, com o pico no meio de setembro, só que desta vez em particular tem muita gente empolgada, teve até Dia do Fogo — e a fumaça já é tanta que pode ser vista do espaço.

Semana passada, a NASA divulgou imagens de satélite mostrando a colcha de retalhos de incêndios e fumaça no Brasil. Citando a Global Fire Emissions Database, a NASA apontou que apesar dos níveis atuais de incêndio estarem um pouco abaixo da média comparado com os últimos 15 anos, eles são mais altos em alguns estados, como Amazonas e Rondônia.

Imagens de satélite estão rastreando o movimento da fumaça, que encheu completamente o ar em São Paulo. Gustavo Faleiros, editor do grupo de notícias ambientais InfoAmazonia, disse que a qualidade do ar estava ainda pior no interior que na cidade.

Fonte: vice.com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: