Morre aos 64 anos diretor Jorge Fernando.

O diretor Jorge Fernando morreu por volta das 20h deste domingo, aos 64 anos, vítima de uma parada cardíaca, no hospital Copa Star, em Copacabana. Segundo um amigo da família, o diretor deu entrada no hospital na parte da tarde após se sentir mal. Jorginho, como era conhecido entre amigos e colegas de profissão, ficou 20 dias internado para tratar uma inflamação no pâncreas, em 2016, e sofreu um acidente vascular cerebral em janeiro de 2017. Desde então, lutava para superar as sequelas que ficaram após o AVC.

Jorge Fernando de Medeiros Rabello nasceu no subúrbio do Rio e iniciou sua carreira na TV como ator, em 1978, na série “Ciranda, cirandinha”. Mas foi como diretor que ele ganhou destaque, dirigindo cerca de 30 novelas, entre elas “A próxima vítima”, “Vamp” e “Sete pecados”, além de programas de entretenimento como “Divertics” e “Gente inocente”. No cinema, dirigiu “Sexo, amor e traição”, em 2004.

Diversos artistas lamentaram a perda do diretor nas redes sociais. A escritora Glória Perez disse que vai sentir falta do amigo: “Mais um amigo querido indo embora tão cedo! você vai fazer tanta falta, Jorginho, com sua alegria, seu entusiasmo, seu talento… Sem palavras aqui!”. O cantor Mumuzinho também escreveu sobre Jorge Fernando: “Impossível não se comover e lamentar que um sorriso desses partiu tão cedo, mas o seu legado de alegria é grande. Aos familiares e amigos, meus sentimentos e amor nesse dia tão difícil, e que consigam transformar esse sentimento em uma saudade digna da alegria que o Jorge Fernando tinha”, escreveu. Marcelo Adnet também foi às redes lamentar a perda do diretor: “Que pena a partida precoce do grande Jorge Fernando. Boom! Lembrarei dele pela simpatia e sua grande energia sempre! Muito carinho e força à Dona Hilda Rabello”.

Fonte: Extra

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: