Com restrições, policlínicas retomam atendimento na Bahia; entenda como vai ser o funcionamento

Nesta terça-feira (12), centro de Barreiras retomou o atendimento. Na segunda-feira (18), Irecê, Valença, Senhor do Bonfim e Teixeira de Freitas também terão policlínicas reabertas.

As Policlínicas Regionais de Saúde na Bahia estão voltando a funcionar no estado após suspenderem o serviço como forma de conter a disseminação do coronavírus. Nesta terça-feira (12), o centro de Barreiras, no sudoeste, retomou o atendimento à população, e, a partir da próxima segunda-feira (18), as cidades de Irecê, Valença, Senhor do Bonfim e Teixeira de Freitas também terão as suas policlínicas reabertas. A Bahia possui 16 unidades regionais, que atendem a cerca de dois milhões de pessoas.

Em live realizada nesta terça-feira, o governador Rui Costa explicou que alguns municípios decidiram continuar com as policlínicas fechadas por conta do avanço do coronavírus. Contudo, o governador afirma que a posição do estado é favorável à reabertura das unidades.

“Policlínica depende dos estados e municípios. Na minha opinião, deveriam ser reabertas essa semana. Algumas foram reabertas, outras, nas assembleias que prefeitos fizeram, preferiram aguardar mais um pouco. Não adianta forçar. As pessoas precisam ter vontade, coragem de fazer o exame. Da parte do governo, nossa opinião é favorável a estar em funcionamento. Opinião do governador é abrir. Nossa missão é salvar vidas humanas. Precisamos fazer exame daquela senhora que está com suspeita de câncer. Se demorar muito tempo, pode comprometer tratamento. Está na hora de voltar para fazer o exame dessas pessoas. Passo a passo, vamos ganhando a confiança das pessoas”, disse Rui Costa.

A Sesab informou que terão as policlínicas reabertas as cidades que não tiveram registro de novos casos do coronavírus durante 14 dias. As unidades de Jacobina, Juazeiro, Alagoinhas, Itabuna, Jequié, Paulo Afonso e Vitória da Conquista ainda não possuem previsão de reabertura, pois, segundo a secretaria, tiveram casos confirmados recentemente.

De acordo com a Sesab, as equipes médicas e de apoio administrativo, incluindo agentes de segurança e motoristas, que atuam nas policlínicas estão sendo submetidos a exames para detecção da Covid-19 e, a cada 15 dias, os exames serão repetidos.

Outra determinação da secretaria é que as unidades reduzam o fluxo de pessoas, mantenham os assentos das recepções organizados de modo que os pacientes se acomodem intercalados, cumprindo o distanciamento mínimo de 1,5 metro. Além disso, vai ser reduzido o acesso de pessoas aos refeitórios simultaneamente para evitar aglomerações.

A Secretaria de Saúde da Bahia informou ainda que os pacientes transportados nos micro-ônibus das policlínicas passarão por uma triagem no seu município de origem antes de entrar no veículo. A lotação máxima será reduzida para 50%, e as janelas devem ficar abertas para circulação do ar. Os usuários do veículo devem ficar distantes uns dos outros, de forma que em cada assento duplo permaneça apenas uma pessoa.

Fonte: G1 Bahia

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: