Presidente do Flamengo defende cobrança por transmissão: ‘manter o nosso time’

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, falou, na tarde de hoje (4), sobre o fato de o clube cobrar pela transmissão da semifinal da Taça Rio, contra o Volta Redonda, amanhã (5), às 16h. Um dos pontos indicados pelo mandatário é que o Rubro-Negro precisa de receita para manter o time.

Além disso, Landim afirmou que o valor cobrado, R$ 10 para quem não é sócio-torcedor, é “bastante acessível” e que é menor em relação ao que se gastaria para ir ao estádio.

“A gente está falando de um valor médio, por jogo, que não é uma semifinal de campeonato, superior a esse valor que estamos cobrando. Na verdade, é 1/4, para um lar, onde mais de uma pessoa pode ver, do preço mais barato de um jogo com presença física. Então, é um valor bastante acessível em troca de um produto que é a semifinal de um campeonato. A gente precisa arrecadar para manter o nosso time. Não é fácil ter um plantel com Gabigol, Arrascaeta, Bruno Henrique, Everton Ribeiro, e todos os jogadores que a gente tem, e que a gente tem uma folha para pagar, se não tiver receita”, disse, em entrevista ao canal Fox Sports.

O presidente do clube da Gávea assegurou que “no mundo todo” jogos são cobrados desta forma e comparou a partida a um espetáculo.

“As pessoas tinham de pagar, e tinham de pagar mais. Muito mais do que estamos cobrando. Então, elas assistiram um jogo antes, que tiveram acesso direto pela plataforma [FlaTV]. O outro estão tendo de pagar, e muito menos. Não acho que tenha nada demais em relação a isso. É assim que é feito no mundo todo. Os jogos são cobrados, isso é um espetáculo. É cobrado. Às vezes, pode arrumar um patrocinador e colocar em TV aberta, não foi o caso. Não tivemos condição de fazer isso”, salientou.

Veja como assistir o jogo de amanhã.

Passo 1:

Acesse o link da transmissão:

WWW.BIT.LY/FLAMENGONASEMI

Fonte: Fox Sports

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: