Estado de saúde de Paulo Gustavo é irreversível

Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

Esta é a ultima nota destinada a impressa divulgada na noite desta terça (04) pela equipe médica que cuida do ator.

Na última segunda-feira (3), Paulo Gustavo teve uma piora significativa no quadro de saúde. O boletim médico apontou uma “piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa”.

O ator foi internado no dia 13 de março. A partir daí, houve oscilações no quadro de saúde. Seis dias após a internação, Paulo apresentou melhora. Porém, no dia 22 de março, a situação piorou, e ele precisou ser intubado.

O quadro continuou complicado e, no dia 2 de abril, Paulo Gustavo precisou usar o ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea. Trata-se de uma terapia que se assemelha ao uso de um pulmão artificial.

Desde a internação, foi grande a comoção nas redes sociais por parte de colegas de Paulo Gustavo, entre atores, apresentadores e outras celebridades. Amiga do ator, a apresentadora Tata Werneck constantemente pediu orações para Paulo e para todas as vítimas do novo coronavírus.

Fonte: Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: