Jaguatirica é resgatada e solta por equipes ambientais da Secretaria de Meio Ambiente e dos Bombeiros

Frequentemente, a Secretaria de Meio Ambiente de Teixeira de Freitas recebe chamados para a retirada de animais silvestres que aparecem em locais que não fazem parte do seu habitat, ou denúncias de cativeiro ilegal de espécies selvagens. Na última segunda, 18, a equipe da Fiscalização Ambiental fez a soltura de uma jaguatirica, carnívoro de pequeno porte, endêmico da Mata Atlântica.

A espécie que está ameaçada de extinção, devido à diminuição de seu habitat, foi encontrada dentro de um bar em Ibirajá, distrito de Itanhém, e resgatada pelo Corpo de Bombeiros. “O animal foi entregue à nossa Secretaria para que pudéssemos devolvê-lo de forma correta ao seu habitat”, comentou a secretária de Meio Ambiente do município, Sabrina Rampinelli.

Segundo a Secretária, os resgates de animais como a jaguatirica são realizados pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados à Secretaria, que nesses casos, quando os municípios vizinhos não têm o serviço ambiental, concede apoio na soltura dos animais.

“Assim que o animal é entregue à Secretaria, a sua devolução é feita de forma rápida, sem que ele permaneça em contato com as pessoas, para que assim não perca o instinto de sobrevivência na mata. Antes da soltura, o animal passa por uma avaliação veterinária para que saibamos as suas condições de saúde, não sendo boas, o encaminhamos para um Centro Especializado, a fim de recuperar e depois devolver. No caso do animal resgatado em Ibirajá, suas condições eram boas e o devolvemos logo”, concluiu.

Os animais resgatados são soltos em uma Reserva Legal Protegida e são monitorados. A localização da reserva não é revelada para evitar a exposição deles aos caçadores. Em caso de encontro com animais silvestres, chame os Bombeiro ou entre em contato pelo: (73) 3011-2777 com a equipe da Fiscalização Ambiental do Munícipio.

Fonte: ASCOM/PMTF

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: